Alta Floresta (MT), 27 de junho de 2019 - 09:10

Brasil

13/06/2019 08:32 Fonte: Rádio 2

Brasil tem 2,5 milhões de crianças e adolescentes trabalhando; no mundo, 5 milhões estão em condições semelhantes à escravidão

Com 13 milhões de desempregados, segundo dados de abril do IBGE, Brasil carrega o pesado fardo no setor: são DOIS MILHÕES E MEIO de crianças e adolescentes até 17 anos trabalhando.

Nos últimos 4 anos, até o fim de 2018, o Ministério do Trabalho registrou 21 mil denúncias de trabalho infantil.

As regiões nordeste e sudeste têm as maiores taxas de trabalho infantil, com 33 e 29 POR CENTO do total.

A mobilização contra o trabalho na infância ganhou força nas postagens de redes sociais durante toda a quarta-feira, data mundial de combate a essa prática.

Segundo a ONU, no mundo, são mais de 160 milhões de crianças no mercado de trabalho. Cerca de 80 POR CENTO do total têm entre 5 e 14 anos.

Mais grave ainda, é que CINCO milhões de crianças estão em condições semelhantes à escravidão.

Os dados são alarmantes na medida em que o combate ao trabalho infantil está desacelerando, de acordo com a ONG Save The Chidren.

A instituição alerta que a lentidão na reversão do quadro deve manter os números longe da meta para 2025, quando cerca de 121 MILHÕES de crianças e adolescentes permanem no trabalho.

Apesar de proibido pela Constituição Federal, CLT e Estatuto da Criança e do Adolescente, menores de 16 anos trabalham na agricultura e pecuária, no comércio, em casas de família e na construção civil.

Situações mais graves são registradas em atividades insalubres em mineradoras e carvoarias.


Editorial progresso11

Progresso FM 102,1

Av. Ludovico Da Riva Netto, 3274
Alta Floresta/MT - CEP 78580-000
Fone (66) 3521-3501 ou 3521-8188

 

 

Redes Sociais

Alta Floresta
Carregando...

? ºC

/

Proibida a reprodução de conteúdo sem citação da fonte.

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo