Alta Floresta (MT), 25 de maio de 2019 - 06:10

Destaques

13/02/2019 09:00 R2

Documento único para os cidadãos passa por ajustes finais

Presidente Jair Bolsonaro deve aprovar em breve o decreto que autoriza a utilização de um único documento para a identificação dos cidadãos.

A proposta, elaborada pelo Ministério da Economia e pela Controladoria Geral da União, propõe o uso do CPF como uma espécie de número geral.

Ele poderá ser usado, por exemplo, para a pessoa ser atendida em órgãos de trânsito, que hoje exigem a carteira nacional de habilitação.

O secretário de Governo Digital do Ministério da Economia, Luís Felipe Salin Monteiro, diz que todos os sistemas passarão a ter um campo para o CPF.

Segundo ele, o documento único já está nos ajustes finais e passará a valer um dia após a publicação no Diário Oficial da União.

Os órgãos terão três meses para ajustar os procedimentos de atendimento e nove meses para alterar as bases de dados dos cidadãos já cadastrados.

 

As informações são do portal Infomoney.


Editorial progresso11

Progresso FM 102,1

Av. Ludovico Da Riva Netto, 3274
Alta Floresta/MT - CEP 78580-000
Fone (66) 3521-3501 ou 3521-8188

 

 

Redes Sociais

Alta Floresta
Carregando...

? ºC

/

Proibida a reprodução de conteúdo sem citação da fonte.

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo