Alta Floresta (MT), 25 de fevereiro de 2020 - 07:22

Esportes

13/02/2020 07:18 Fonte: Gazeta Digital

Corinthians vence, mas leva gol e está fora da Libertadores

Depois de perder por 1 a 0 no Paraguai, o Corinthians conseguiu o placar de que precisava nesta quarta ainda no primeiro tempo, mas os gols marcados por Luan e Boselli foram em vão devido ao tento sofrido em cobrança de falta de Fernando Fernandéz, na etapa final. A busca pelo terceiro e necessário gol foi afetada pela expulsão de Pedrinho ainda com 28 minutos de jogo e o Corinthians, apesar da vitória por 2 a 1, deu adeus à Copa Libertadores da América logo na segunda fase da competição continental, no primeiro confronto da equipe.

Assim, o clube segue sem vencer um mata-mata de Libertadores dentro da Arena e, como em 2015, viu o modesto Guaraní do Paraguai fazer a festa em Itaquera.

Resta ao Corinthians pensar no clássico contra o São Paulo, sábado, às 19h, no Morumbi, pelo Campeonato Paulista.

Primeiro tempo
Tiago Nunes resolveu apostar em Vagner Love e Pedrinho nas vagas de Janderson e Everaldo. Na prática, um time com mais imposição dentro da área. Atrás, os mesmos problemas apresentados desde o início da temporada.

Apesar dos sustos, o gol veio cedo, antes dos 10, graças a canhota de Luan, que contou com a colaboração do goleirão rival.

O problema é que Nestor Pitana estava disposto a distribuir cartões. Foram quatro amarelos em menos de 30 minutos, dois deles para Pedrinho, ambos por pé alto. O camisa 10, que estreava em 2020 pelo Timão, deixou o campo chorando.

Mas, a equipe se saiu bem com um a menos e chegou ao segundo gol com Mauro Boselli, o matador alvinegro, depois de passe de Vagner Love. Aliás, por muito pouco Love não fez o terceiro no último lance do primeiro tempo. O goleiro do Guaraní salvou quase sem querer.

Segundo tempo
O Corinthians voltou para a etapa final sem alterações. A disposição, porém, não foi a mesma. E o Guaraní cresceu. Não demorou, e o que a Fiel temia, aconteceu. Pitana inverteu uma falta em Boselli, os corintianos foram pegos de surpresa e tomaram o contra-ataque. Na entrada da área, o argentino apitou falta de Gil, que não encostou no adversário. Fernando Fernández acertou o ângulo na cobrança e venceu Cássio, que até tocou na bola.

Daí para frente, foi o Corinthians, mesmo com um a menos, tentando de todas as maneiras chegar ao gol, enquanto os paraguaios apostavam no contra-ataque. Tiago Nunes mandou Piton, Gustavo e Janderson para o tudo ou nada.

Aos 40, Romaña acertou Janderson e foi expulso, deixando apenas os minutos finais no 10 contra 10.

Boselli, em duas oportunidades, chegou perto de marcar. Mas, os inúmeros chuveirinhos não fizeram efeito, e o Corinthians deu adeus à Libertadores por causa do gol levado em casa.

FICHA TÉCNICA
CORINTHIANS 2 X 1 GUARANÍ-PAR

Data: 12 de fevereiro de 2020, quarta-feira
Local: Arena Corinthians, em São Paulo (SP)
Horário: 21h30 (de Brasília)
Árbitro: Nestor Pitana (ARG)
Assistentes: Juan Belatti e Julio Fernandez (ARG)
Cartões amarelos: Pedrinho (2), Cantillo e Camacho (COR); Baéz, Ángel Benítez, Romaña (2) (GUA)
Cartões vermelhos: Pedrinho (COR); Romaña (GUA)
Público e renda: 40.327 pagantes / 40.598 total / $2.225.657,34

GOLS
Corinthians: Luan, aos 6, e Boselli aos 33 minutos do 1T.
Guaraní: Fernando Fernández, aos 8 minutos do 2T. 

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Pedro Henrique, Gil e Sidcley (Piton); Camacho (Janderson), Cantillo e Luan; Pedrinho, Vagner Love (Gustavo) e Boselli
Técnico: Tiago Nunes

GUARANÍ-PAR: Servio; Ronald Garcia (Maná), Javier Báez, Romaña e Iván; Guillermo Benítez, Florentín (Raúl Bobadilha), Morel e Ángel Benítez; Redes e Fernando Fernandez (Edgar Benítez)
Técnico: Francisco Burgo


Editorial progresso11

Progresso FM 102,1

Av. Ludovico Da Riva Netto, 3274
Alta Floresta/MT - CEP 78580-000
Fone (66) 3521-3501 ou 3521-8188

 

 

Redes Sociais

Alta Floresta
Carregando...

? ºC

/

Proibida a reprodução de conteúdo sem citação da fonte.

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo