Alta Floresta (MT), 27 de junho de 2019 - 09:08

Geral

14/06/2019 07:37 Fonte: SEMA-MT

MT planeja empregar uso controlado do fogo para prevenção de incêndios

O Estado de Mato Grosso, por meio do Comitê do Fogo, Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema) e Corpo de Bombeiros Militar, estuda aplicar a técnica de Manejo Integrado do Fogo (MIF) para diminuição de material combustível, prevenindo incêndios florestais de grandes proporções.

A técnica será aplicada, inicialmente, na Área de Proteção Ambiental (APA) de Chapada dos Guimarães por profissionais da Sema, CBM-MT e Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) com o acompanhamento de professores e respectivos alunos da graduação e pós-graduação da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT).

Para planejar o emprego da técnica na unidade de conservação estadual, o grupo se reuniu na sede da UFMT em Cuiabá na quarta-feira (12.06). O acompanhamento da instituição de ensino irá garantir o desenvolvimento das pesquisas necessárias a fim de avaliar a aplicação do MIF no cerrado mato-grossense.

A prescrição de uso do fogo controlado é uma técnica aplicada em diversos países, cuja utilização em áreas pré-determinadas e autorizadas, diminui quantidade de material combustível e previne os grandes incêndios florestais que podem ocorrer na época de seca.

“O fogo controlado é prescrito assim como uma receita médica. Então, são indicadas as áreas para queima, fragmentando a vegetação para dificultar a propagação dos incêndios que causam grandes danos ambientais e prejuízos econômicos”, explica o secretário Executivo do Comitê Estadual de Gestão do Fogo, coronel BM Paulo Barroso. De acordo com ele, o projeto-piloto que será realizado na APA Chapada dos Guimarães fornecerá as informações e subsídios necessários para a definição da aplicação da técnica em projetos de média e larga escala.

Capacitação

Para trocar experiências e melhorar os planejamentos e as técnicas do uso do fogo, 40 profissionais em gestão de fogo em áreas protegidas dos Estados Unidos, Portugal, Espanha e do Brasil participaram do III Intercâmbio Internacional de Manejo Integrado do Fogo (XFire). O encontro foi organizado pela Coordenação de Prevenção e Combate a Incêndios (COIN) do ICMBio e ocorreu no Parque Nacional de Chapada dos Guimarães entre 02 e 10 de junho.

Participaram do evento servidores do ICMBio, Ibama, Funai, Comitê Estadual de Gestão do Fogo/SEMA-MT, CBM-MT e representantes internacionais dos Serviços Florestal Americano, Português e Espanhol. Os profissionais mato-grossenses tiveram a oportunidade de aprender técnicas como gestão da fumaça nas queimas prescritas, direcionando a fumaça de forma que não impacte negativamente a segurança e a população como aeroportos, estradas e cidades. Os especialistas internacionais também compartilharam boas práticas sobre a prescrição de uso do fogo controlado.

A técnica já é utilizada pelo ICMBio no bioma cerrado desde 2012 em um projeto desenvolvido na região do Jalapão, Tocantins. De acordo com projeções do órgão federal, a cada dois dólares investidos na prevenção dos incêndios, a economia para combater o fogo pode chegar a até 80 dólares.


Editorial progresso11

Progresso FM 102,1

Av. Ludovico Da Riva Netto, 3274
Alta Floresta/MT - CEP 78580-000
Fone (66) 3521-3501 ou 3521-8188

 

 

Redes Sociais

Alta Floresta
Carregando...

? ºC

/

Proibida a reprodução de conteúdo sem citação da fonte.

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo