Alta Floresta (MT), 19 de novembro de 2019 - 11:10

Polícia

08/11/2019 17:56 Só Notícias/Cleber Romero

Presos em Guarantã suspeitos de comprarem mais de R$ 2 milhões em gado com cheques sem fundo

Um homem, de 52 anos, e a esposa dele, de 38 anos, foram presos em Guarantã do Norte (233 quilômetros de Sinop), ontem, na operação “Boi Voador”, que foi deflagrada pela Delegacia Especializada em Roubos e Furtos (DERF), com apoio dos Núcleos de Inteligência das Regionais a Polícia Civil de Barra do Garças (500 km de Cuiabá). Eles estavam com mandados de prisões preventivas, expedidos pela Justiça acuados de estelionato.

De acordo com informações policiais durante as investigações, o suspeito comprador de gado na região, após ganhar a confiança dos produtores, fez a aquisição de pelo menos 500 cabeças de bovinos em diversas propriedades da região do Araguaia, incluindo municípios vizinhos de Goiás, pagando com cheques pré-datados para 30 e 60 dias, emitidos pela mulher.

Ainda de acordo com a apuração dos policiais, após a aquisição do gado pelos suspeitos, que já era embarcado no ato do negócio, o produtor rural que estava vendendo os animais, retirava a Guia de Transporte de Animal (GTA) e nota fiscal, colocando nos documentos que os bovinos seriam transportados para arredamentos rurais que possuíam nos municípios de General Carneiro, Pontal do Araguaia, Torixoréu, além de Baliza e Piranhas, em Goiás.

No entanto, os suspeitos levavam o gado para venda em leilões na região, desfazendo dos animais antes que os cheques não fossem compensados pelo banco. Ambos foram encaminhados à delegacia de Polícia Civil em Barra do Garças para serem ouvidos.


Editorial progresso11

Progresso FM 102,1

Av. Ludovico Da Riva Netto, 3274
Alta Floresta/MT - CEP 78580-000
Fone (66) 3521-3501 ou 3521-8188

 

 

Redes Sociais

Alta Floresta
Carregando...

? ºC

/

Proibida a reprodução de conteúdo sem citação da fonte.

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo